COMPARTILHE

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

EDUCAÇÃO FÍSICA

EDUCAÇÃO FÍSICA (JUDÔ/BALÉ/JOGOS/BRINCADEIRAS):
As atividades físicas e recreativas visam: o desenvolvimento pessoal: domínio do próprio corpo; o que ele pode realizar com o corpo todo e com cada uma de suas partes; o domínio das coisas que o cercam: como utilizá-las, como se situar no tempo e no espaço; o desenvolvimento das qualidades sociais de cooperação, solidariedade, comunicação, etc.
Essas atividades incluídas no plano curricular da pré-escola, oferecem uma educação integral concorrendo com o desenvolvimento estético, intelectual, moral e cívico.

JOGOS E BRINCADEIRAS:
Algumas sugestões que ajudarão a utilizar os jogos e brincadeiras de forma mais adequada e proveitosa no ensino:
a) Defina, de forma clara e precisa, os objetivos a serem atingidos com a aprendizagem. Os jogos e brincadeiras podem ser usados para adquirir determinados conhecimentos (conceitos, princípios e informações), para praticar certas habilidades cognitivas e para aplicar algumas operações mentais ao conteúdo fixado.
b) Determine os conteúdos que serão abordados ou fixados através da aprendizagem pelo jogo ou pela brincadeira.
c) Formule as regras de forma clara e precisa para que não dêem margem de dúvidas.
d) Especifique os recursos ou materiais que serão usados durante a realização do jogo ou brincadeira, preparando-os com antecedência ou verificando se estão completos e em perfeito estado para serem utilizados.
e) Explique aos alunos, oralmente ou por escrito, as regras do jogo ou brincadeira, transmitindo instruções claras e objetivas, de modo que todos entendam o que é para ser feito ou como proceder.
f) Permita a participação, a motivação e estimulação de todos os integrantes do grupo ou equipe.
Como qualquer aula, os jogos e brincadeiras também devem ser planejados. O trabalho planejado é importante e necessário porque evita a improvisação; ajuda a prever e superar dificuldades e contribui para consecução dos objetivos estabelecidos com economia de tempo e eficiência da ação.

Alguns exemplos de jogos ou brincadeiras
1) Dança da Cadeira ou Estátua.
2) Corrida do Saco.
3) Corrida da batata ou ovo cozido.
4) Boliche ou Pescaria.
5) Colocar roupas ou tênis.
6) Pintar o amigo (palhaço ou animais).
7) Mímicas, imitações ou adivinhações.
8) Atividade com bexiga ou chapéu.
9) Atividade com sucata.
10) Atividade com diferentes tipos de bolas.
11) Karaokê.
12) Morto ou Vivo.
13) Desenho, pintura ou colagem.
14) Corrida com obstáculos.
15) Tomba-Latas.
16) Cantigas de Roda.
17) Desfile.
18) Formação de palavras.
19) Jogo da memória e outros.
Inglês e Informática

Será proporcionado às crianças o contato com inglês e informática, através de atividades, músicas, vídeos, cartazes, desenhos e pinturas.
A informática visa facilitar a aprendizagem de conteúdos curriculares, o uso do computador no processo pedagógico apresenta dois objetivos básicos:
melhorar a qualidade de ensino;
familiarizar o jovem com uma nova tecnologia, no qual utilizaremos software educativo e atividades complementares.

EDUCAÇÃO FÍSICA (JOGOS/BRINCADEIRAS):
As atividades físicas e recreativas visam: o desenvolvimento pessoal: domínio do próprio corpo; o que ele pode realizar com o corpo todo e com cada uma de suas partes; o domínio das coisas que o cercam: como utilizá-las, como se situar no tempo e no espaço; o desenvolvimento das qualidades sociais de cooperação, solidariedade, comunicação, etc.Essas atividades incluídas no plano curricular da pré-escola, oferecem uma educação integral concorrendo com o desenvolvimento estético, intelectual, moral e cívico.

Aspectos Psicológicos
Estão divididos de duas maneiras:

Fator afetivo Emocional
A escola deve proporcionar um ambiente tranquilo e acolhedor no sentido de amenizar a angústia do educando diante da ausência dos pais e frente a situações novas.
Fator Cognitivo
Através de um ambiente repleto de afeto, o professor deverá elevar a auto estima da criança com o objetivo de proporcionar o pleno desenvolvimento do potencial cognitivo de cada um respeitando sua singularidade e sua maturidade psicobiosocial.
Aspectos sócios-culturais
A escola prepara a criança para conviver com grupos sociais mais amplos que a família; a pré-escola deve fornecer-lhe elementos para conhecer esses gurpos sociais, e o fará partindo do próprio universo infantil: a família, a casa, a escola, a comunidade, as profissões, datas comemorativas,etc.

ASPECTOS BIOLÓGICOS
Ao propor atividades que visam à observação e compreensão de determinados aspectos biológicos, a pré-escola está fornecendo à criança condições para desenvolver o raciocínio lógico e incorporar o método contínuo de investigações, essenciais para posterior estudo das ciências naturais. O trabalho prático poderá se realizar através de alguns itens: as partes do corpo humano, higiene e saúde, alimentação, animais plantas, etc.

PLANEJAMENTO JARDIM E PRÉ ESCOLA

PESQUISA REALIZADA PELOS BLOGS http://mundinhodacrianca.blogspot.com/ E http://cantinhodassugestoes.blogspot.com

JARDIM I - PORTUGUÊS
OBJETIVO
1. Desenvolver percepção visual, auditiva, coordenação viso-motora.
2. Desenvolver Orientação temporal (começo, meio e fim).
3. Desenvolver Orientação espacial.
CONTEÚDO
• Coordenação viso-motora:
1. Desenho livre.
2. Labirinto.
3. Pintura.
4. Recorte e colagem.
5. Traçado de linhas com movimentos livres e dirigidos.
• Percepção visual:
1. Cor.
2. Forma.
3. Tamanho
4. Detalhes.
5. Complementação de figuras.
6. Letras (a, e, i, o, u).
• Orientação temporal: começo, meio e fim, mais velho, mais novo, primeiro e último.
• Orientação espacial: dentro/fora, em cima, entre, em baixo, na frente, atrás, mais alto, mais baixo, mais perto e mais longe.
ESTRATÉGIA
Folhas que promovam o interesse da criança. Pode-se também trabalhar as vogais com músicas.
Trabalhar as noções do conteúdo no dia-a-dia da criança, explicando-a sempre que ocorrer dúvidas. Pode-se trabalhar também com jogos, brincadeira, histórias e músicas.
AVALIAÇÃO
Avaliação será contínua, através da observação diária da criança no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com a professora.
O instrumento de avaliação é uma ficha de observações que será entregue aos pais todo Bimestre.
MATEMÁTICA
OBJETIVO
Estimular o raciocínio lógico, estabelecendo relações entre os conceitos: todo, parte, igual, diferente, grande, pequeno, tamanho, cor, forma, etc.
Desenvolver o conceito numérico através da expressão verbal e gráfica.
Desenvolver a noção de diferente medidas em relação aos objetos e ao tempo.
CONTEÚDO
• Estruturas lógicas:
1. Discriminação (semelhanças e diferenças).
2. Comparação.
3. Identificação.
4. Conjuntos.
5. Correspondência.
6. Cores.
• Tamanho e formas (círculo, triângulo, quadrado, retângulo).
• Número de 1 a 9, quantidade (mais, menos, muito, pouco, cheio e vazio).
• Medidas:
1. Tamanho de objetos (pequeno, grande, maior, menor, grosso e fino).
2. Distância entre os objetos (longe, perto).
3. Velocidade (rápido, lento, devagar, depressa).
4. Massa (leve, pesado).
5. Temperatura (quente, frio).
6. Som (alto, baixo).
7. Tempo (muito tempo, pouco tempo, dia, noite, hoje, ontem e amanhã).
ESTRATÉGIA
• Através do uso de material concreto e/ou dourado que promovam a discriminação.
• Através do uso de material concreto onde a criança consiga visualizar e conceituar a contagem dos objetos, e mais tarde a apresentação dos números em lousa, caderno, folhas de sulfite, cartazes e músicas.
• Através de material concreto que permita a visualização de diferente medidas, utilizando também jogos e brincadeiras. Em relação ao tempo é interessante o uso de calendário mostrando o dia, mês, ano e tempo meteorológico, e o aniversário das crianças da sala.
AVALIAÇÃO
Avaliação será contínua, através da observação diária da criança no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com a professora.
O instrumento de avaliação é uma ficha de observações que será entregue aos pais todo Bimestre.
ESTUDOS SOCIAIS
OBJETIVO
1. Identificar, nomear e se reconhecer como membro de sua família, reconhecendo sua importância e valor que possui em casa.
2. Desenvolver socialização.
3. Identificar os meios de transportes que circulam em nosso país, relacionando-os com o trânsito.
4. Identificar os meios de comunicação existentes em nosso país.
5. Identificar diferentes profissões, bem como sua importância para economia familiar e do país.
6. Estimular o reconhecimento da história Brasileira.
CONTEÚDO
• Eu/Família/Casa.
• Escola
• Meios de Transporte/Trânsito.
• Meios de Comunicação.
• Profissões.
• Datas Comemorativas:
1. Carnaval.
2. Páscoa.
3. Dia Nacional do Livro Infantil.
4. Dia do Índio.
5. Dia do Trabalho
6. Dia das Mães.
7. São João.
8. Dia dos Pais.
9. Dia do Soldado.
10. Folclore.
11. Independência.
12. Dia da Árvore.
13. Primavera.
14. Semana do Trânsito.
15. Dia das Crianças.
16. Proclamação da República.
17. Primavera.
18. Dia da Árvore.
19. Natal e outros.
ESTRATÉGIA
Através de figuras, desenhos, gestos, músicas, histórias e explicações sobre o significado de cada item, e produções de lembrancinhas que traduzam a data em questão.
AVALIAÇÃO
Avaliação será contínua, através da observação diária da criança no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com a professora.
O instrumento de avaliação é uma ficha de observações que será entregue aos pais todo Bimestre.
CIÊNCIAS
OBJETIVO
• Estimulação dos 5 sentidos, desenvolvendo a capacidade de auto-higiene e a identificação e nomeação das partes do corpo.
• Incentivar a importância ecológica, através da jardinagem e horticultura.
• Apresentar a diferença entre campo/cidade e praia, estabelecendo a noção de tempo.
• Identificar a importância da água para os seres vivos mostrando a diferenciação entre seres vivos e não vivos.
• Nomear e reconhecer diferentes animais.
• CONTEÚDO
• O corpo humano (os sentidos, hábitos de higiene, e partes do corpo).
• A natureza (dia/noite/tempo, água, campo, cidade, praia, seres vivos e não vivos, plantas e animais).
ESTRATÉGIA
• Exercícios e atividades que desenvolvam a visão, audição, tato, olfato e gustação. Incentivar também o lavar as mãos, escovar os dentes sempre que necessário, através de músicas e histórias, que despertem o interesse da criança.
• Plantar mudas e flores explorando o meio ambiente, livros e revistas que auxiliam a explicação sobre a natureza para o professor.
AVALIAÇÃO
Avaliação será contínua, através da observação diária da criança no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com a professora.
O instrumento de avaliação é uma ficha de observações que será entregue aos pais todo Bimestre.
ARTES
OBJETIVO
• Incentivar e desenvolver o hábito de desenho, estimulando assim a fantasia da criança.
• Estimulação de confecção de brinquedos através da sucata.
• Estimular a coordenação da criança e a criatividade com o uso da argila e massinha.
CONTEÚDO
• Artes: desenho livre e pintura.
• Sucata.
• Argila e massinha.
ESTRATÉGIA
• Utilização de lápis, pincéis, cola com muito incentivo, estimulando a criança através de elogios.
• Material de sucata e criatividade do professor.
• Apresentação de argila e massinha.
AVALIAÇÃO
Avaliação será contínua, através da observação diária da criança no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com a professora.
O instrumento de avaliação é uma ficha de observações que será entregue aos pais todo Bimestre.
OBJETIVOS SÓCIO-EMOCIONAIS
• Desenvolve hábitos de asseio: pedir para ir ao banheiro, lavar as mãos, limpar o nariz, etc.
• Habitua-lo a usar os clichês sociais. Exemplo: Por favor, muito obrigado, com licença, etc.
• Permitir que a criança seja independente.
• Deixa-la explorar ao máximo os objetos e brinquedos.
• Levar a criança a brincar com os outros do grupo.
• Fazer com que a criança não fixe em um único colega.
• Mante-la ocupada.
• Levar a criança a participar das atividades de grupo.


JARDIM II
PORTUGUÊS/PRONTIDÃO/LINGUAGEM
OBJETIVO
1. Ampliar a coordenação viso-motora, na busca do desenvolvimento integral da criança.
2. Desenvolver vocabulário, linguagem e a comunicação entre os alunos.
3. Reconhecer, ler e escrever vogais encontros vocálicos e o alfabeto.
4. Desenvolver interesse e atenção por músicas, leitura, histórias e escrita.
5. Preparar o aluno para que fique apto ao processo de alfabetização no Pré – 3º Estágio.
6. Iniciação as famílias silábicas.

CONTEÚDO
• Período Preparatório: traçar linhas (retas, curvas, sinuosas e mistas), desenho livre, labirinto, pintura, recorte, colagem, pontilhado, atividade gráficas e no caderno pedagógico, etc.
• Estudo das vogais: reconhecer, ler, traçar e escrever as vogais.
• Encontros Vocálicos: identificar, ler e escrever, palavras formadas apenas por encontros vocálicos.
• Estudo do Alfabeto: identificar visual e auditivamente as letras do alfabeto, cobrir e copiar as letras maiúsculas e minúsculas (de imprensa e cursiva).
• Famílias Silábicas: proporcionar aos alunos atividades referentes as famílias silábicas, de forma natural e espontânea, pois terão continuidade no Pré – 3º Estágio.

ESTRATÉGIA
• Utilizar: caderno, atividades gráficas, desenho, pintura colagem, recorte e o material escolar.
• Confeccionar cartazes, murais, parlendas, poesias e etc.
• Histórias, músicas, vídeo e livros.
• Atividades com sucatas (ex: embalagens).
• Jogos, brincadeiras e material pedagógico.

AVALIAÇÃO
Avaliação contínua e diária através da participação, interesse e execução das atividades feita pelos alunos.
Correção das lições e atividades.
Verificação da aprendizagem: leitura, identificação e assimilação das atividades, exercícios gráficos.

JARDIM II
MATEMÁTICA –
OBJETIVO
1. Desenvolver e ampliar os conceitos matemáticos para que os alunos possam executar as atividades propostas com interesse, atenção e principalmente que ocorra assimilação e aprendizagem.
2. Identificar números, cores, formas geométricas, medidas, etc.
3. Desenvolver raciocínio lógico-matemático.
4. Desenvolver o processo de adição.

CONTEÚDO
• Estruturas Lógicas: discriminação: semelhanças e diferenças; conjuntos; identificação/comparação.
• Numerais: revisão dos números (0 até 9), idéia de unidade, número 0 (zero), unidade e dezena, idéia de ordinal, números de 0 até 20, quantidades: igual/diferente, mais/menos, cheio/vazio.
• Operação com Números: adição: total até 9.
• Espaço e forma: traçado de linhas: curvas (aberto/fechado), posicionamento: frente/ atrás, em cima/embaixo, dentro/fora, longe/perto, primeiro/último, direita/esquerda; identificação de figuras geométricas (círculo, triângulo, retângulo, quadrado).
• Medidas: tamanho: maior/menos, grande/pequeno; espessura: grosso/fino, largo/estreito.
• Fração: inteiro/metade.

ESTRATÉGIA
1. Utilizar: figuras, desenhos, cartazes, lousa, material escolar, caderno quadriculado, atividades gráficas.
2. Confeccionar: cartazes, murais, fichas, números.
3. Recorte, colagem e pintura.
4. Atividade com sucatas.
5. Músicas e histórias.
6. Jogos, brincadeiras e material pedagógico.

AVALIAÇÃO
Avaliação através das atividades realizadas pelos alunos e correções das lições, sempre verificando a participação, interesse e aprendizagem.
Avaliação contínua e diária desenvolvendo raciocínio lógico-matemático.

ARTES PLÁSTICAS
OBJETIVO
• Desenvolver a potencialidade criadora de cada aluno, respeitando suas naturais limitações.
• Desenvolver habilidades e formas próprias desenhando, pintando, construindo e modelando.
• Desenvolver o domínio de técnicas, instrumentos e procedimentos expressivos.
• Desenvolver a habilidade de discriminar cor, forma, dimensão, espaço, harmonia.

CONTEÚDO
• Desenho.
• Pintura.
• Impressão.
• Recorte.
• Alinhavo.
• Tapeçaria.
• Colagem.
• Modelagem.
• Dobradura.
• Montagem.
• Construção.

ESTRATÉGIA
1. Atividades gráficas como desenhos, para pintura, recorte e colagem.
2. Tinta, pincel, cola, tesoura, papel de diferentes tipos, formas e cores.
3. Revista, jornal e sucata.
4. Barbante, lã, linhas, madeira, argila, algodão, gesso, garrafa, etc.

AVALIAÇÃO
Avaliação será continua e diária através dos trabalhos e atividades realizados pelos alunos, com a finalidade de desenvolver: criatividade, interesse, espontaneidades, auto-estima, capricho, atenção, curiosidade, raciocínio, cooperação, companheirismo e a motivação.

CIÊNCIAS
OBJETIVO
1. Identificar as diversas partes do corpo e suas funções.
2. Formar bons hábitos de higiene e saúde.
3. Identificar o valor nutritivo e a procedências dos alimentos.
4. Identificar e observar o processo de germinação e crescimento das plantas.
5. Identificar, distinguir e caracterizar os animais.
6. Desenvolver habilidades como: observação, analise, descrição, classificação e medida.
7. Explorar o ambiente em que vive.

CONTEÚDO
• As Partes do Corpo/Higiene e Saúde/Órgãos do sentido.
• Alimento/Culinária.
• Plantas/Horticultura.
• Animais.

ESTRATÉGIA
• Explorar o meio em que estamos.
• Confecção de cartazes, desenhos, figuras, fotos, atividades gráficas.
• Pinturas colagens, recortes.
• Horta.
• Passeios, excursões.
• Atividades com os próprios alunos (jogos e brincadeiras).
• Músicas, histórias, diálogos, conversa dirigida, atividade com sucatas.
• Alimentos (frutas, verduras, legumes).

AVALIAÇÃO
Avaliação contínua e diária através das atividades e exercícios realizados e executados pelos alunos, com a finalidade de desenvolver: interesse, atenção, cooperação, espontaneidade, aprendizagem, capacidades de observação, análises e etc.

INTEGRAÇÃO SOCIAL
OBJETIVO
1. Adaptar a criança à escola e à vida social.
2. Promover condições de um convívio agradável.
3. Desenvolver atitudes de polidez, respeito e cooperação.
4. Adquirir habilidades sociais.
5. Compreender a necessidade da cooperação de todos os membros da família e da escola, entre si.
6. Desenvolver: atividades e conhecimentos sociais, habilidades de disciplina, independência e habilidades quanto ao trabalho.

CONTEÚDO
• Eu/Família.
• Casa/Comunidade.
• Escola.
• Meios de Transporte/Meios de Comunicação.
• Datas Comemorativas:
• (Alguns exemplos) Carnaval, Páscoa, Dia do Índio, Dia das Mães, Festa Junina, Dia dos Pais, 07 de Setembro, Dia das Crianças, Primavera, Dia da Árvore, Natal e outros.

ESTRATÉGIA
1. Desenhos, cartazes, músicas, jogos, brincadeiras, atividades com sucata, folhas (atividades gráficas), pintura, recortes e colagens.
2. Festas, bailes, exposição, excursão ou passeios.

AVALIAÇÃO
Avaliação contínua através das atividades e exercícios realizados e propostos aos alunos, no qual se verifica o: interesse, assimilação, compreensão, aprendizagem, comportamento, espontaneidade, capacidade, cooperação, participação e a execução das atividade.

INGLÊS
OBJETIVO
1. Desenvolver algumas noções sobre a língua estrangeira (inglês).
2. Executar as atividades propostas com atenção, compreensão e aprendizagem.
3. Desenvolver a linguagem de palavras, pequenas frases e músicas.

CONTEÚDO
• Cores.
• Números.
• Nomes de animais, alimentos, familiares, objetos, brinquedos, etc.
• Músicas.

ESTRATÉGIA
• Vídeo.
• Cartazes.
• Desenhos.
• Atividades gráficas.
• Pintura, colagem e recorte.

AVALIAÇÃO
Avaliação será feita através dos exercícios e atividades realizadas pelos alunos verificando a aprendizagem, assimilação e compreensão.Pronúncia e o interesse.

OBJETIVOS SÓCIO-EMOCIONAIS
1. Desenvolve hábitos de asseio: pedir para ir ao banheiro, lavar as mãos, limpar o nariz, etc.
2. Habitua-lo a usar os clichês sociais. Exemplo: Por favor, muito obrigado, com licença, etc.Permitir que a criança seja independente.
3. Deixa-la explorar ao máximo os objetos e brinquedos.
4. Levar a criança a brincar com os outros do grupo.
5. Fazer com que a criança não fixe em um único colega.
6. Mante-la ocupada.
7. Levar a criança a participar das atividades de grupo.

PRÉ (alfabetização)

PORTUGUÊS/PRONTIDÃO/LINGUAGEM
I - PERÍODO PREPARATÓRIO
OBJETIVO
• Desenvolver coordenação motora fina.
• Discriminação esquerda direita.
• Organizar espacialmente os traçados no papel.
• Desenvolver coordenação viso-motora.

CONTEÚDO
1. Exercícios para desenvolver:
• esquema corporal;
• esquema espacial;
• orientação temporal;
• coordenação motora viso-manual (coordenação ampla e coordenação fina);
• percepções sensoriais (visão, audição, tato, olfato, gosto);
• lateralidade.
• Desenvolver campo lingüístico.

ESTRATÉGIA
• Exercícios gráficos em folhas.
• Jogos.
• Brincadeiras.
• Músicas.
• Histórias.
• Atividades com sucata.
• Cartazes.
• Atividades em caderno pedagógico.

AVALIAÇÃO
Avaliação contínua e diária, observando e descrevendo o desempenho do aluno quanto à: participação, atenção, cooperação, interesse, execução das atividades, coordenação viso-motora, execução correta dos movimentos da esquerda para a direita.

II – ALFABETIZAÇÃO
1)- VOGAIS
OBJETIVOS
1. Identificar, ler e escrever as vogais.
2. Discriminar os sons oral e nasal.
3. Discriminar sons aberto e fechado.
4. Completar palavras de acordo com as figuras.
5. Traçar vogais corretamente.
6. Discriminar o som das vogais dentro de um contexto, utilizando músicas.

CONTEÚDO
Palavras-chave e vogais em letras maiúsculas, minúsculas, de imprensa e cursivas.
Exercícios para desenvolver o campo lingüístico: desenvolvimento da expressão oral, início da expressão escrita, leitura incidental.

ESTRATÉGIA
• Apresentação de histórias, músicas, poesias, parlendas.
• Execução de exercícios gráficos.
• Cartazes.
• Coordenação-motora: andar sobre a letra no chão, desenhar (no chão, na lousa).
• Pintura, recorte, desenho, colagem, atividade com sucatas (embalagem).
• Transcrição da letra de imprensa para letra cursiva.

AVALIAÇÃO
Avaliação diária. Através de exercícios orais e escritos o professor deve verificar se o aluno: traça corretamente as vogais, discrimina visualmente e auditivamente a vogal em estudo, lendo e escrevendo.
Avaliar o aluno através da participação, atenção e execução das atividades.

2)- ENCONTROS VOCÁLICOS/ VOGAIS NASALADAS
OBJETIVO
1. Identificar encontros vocálicos e vogais nasaladas.
2. Ler, escrever e empregar os encontros vocálicos.
3. Identificar o sinal gráfico ~ (til), ler e escrever.

CONTEÚDO
• Encontros vocálicos em letras maiúsculas, minúsculas de imprensa e cursivas.
• Vogais nasaladas: ã, ão, ãe, õe.
• Desenvolver campo lingüístico e vocabulário.

ESTRATÉGIA
• Apresentação dos encontros vocálicos e das vogais nasaladas em atividades gráficas, pequenos textos, músicas, desenhos, poesias e parlendas.
• Transcrição, cópias, ditados e exercícios.
• Leitura, recorte e colagem.

AVALIAÇÃO
Avaliação contínua, com a participação e atenção dos alunos. Verificar se o aluno: traça, transcreve, lê, interpreta e emprega corretamente os encontros vocálicos e a vogais nasaladas.

3)- FAMÍLIAS SILÁBICAS
OBJETIVO
1. Identificar, ler e escrever as famílias silábicas corretamente.
2. Automatizar o processo de formação.
3. Empregar corretamente o uso das famílias.
4. Treinar a escrita.
5. Executar os exercícios corretamente.

CONTEÚDO
• Palavras-chave, famílias silábicas.
• Pequenos textos, músicas, poesias, parlendas, histórias e desenhos.
• Ortografia.

ESTRATÉGIA
1. Apresentação das famílias silábicas através de: cartazes, recortes, colagem, desenhos, figuras, histórias, leitura, músicas, jogos, e brincadeiras.
2. Exercícios gráficos orais e escritos, caderno ortográfico, cartilha, ditado, palavras cruzadas e etc.

AVALIAÇÃO
Avaliação será contínua através de: cópias, treino ortográfico, e exercícios gráficos com correções.
Verificação: se o aluno domina a grafia corretamente e atinge os objetivos propostos; se o aluno identifica, transcreve, copia e lê as famílias silábicas.
Avaliação diária através da atenção, interesse e participação da criança.

MATEMÁTICA
OBJETIVO
1. Desenvolver os conceitos matemáticos, para que possam reconhecer, identificar e executar as atividades propostas.
2. Identificar figuras geométricas.
3. Desenvolver aprendizagem dos números (adição, subtração).
4. Desenvolver raciocínio lógico-matemático.
5. Ampliar os conceitos matemáticos.
6. Realizar as atividades propostas com interesse, atenção, entendimento e compreensão.

CONTEÚDO
• Conceitos matemáticos: grande/pequeno; maior/menor; dentro/fora; mais/menos; em cima/embaixo; na frente/atrás; linha aberta/ linha fechada; etc.
• Conjuntos (unitário, vazio).
• Formas geométricas, numeração, cores, blocos lógicos, sinais (=, #), seqüência numérica e representação gráfica.

ESTRATÉGIA
Apresentar conteúdo de forma dinâmica e estimuladora, através de: cartazes, jogos, brincadeiras, músicas, histórias, atividades gráficas, blocos lógicos, sucatas, recortes, colagens, lousa, caderno quadriculado e etc.

AVALIAÇÃO
Avaliação continua e diária para que o aluno desenvolva: interesse, atenção, raciocínio lógico-matemático e assimilação dos conteúdos.
Avaliar o aluno através de exercícios gráficos através da execução das atividades e correções.

ARTES PLÁSTICAS
OBJETIVO
1. Desenvolver a potencialidade criadora de cada aluno, respeitando suas naturais limitações.
2. Desenvolver habilidades e formas próprias desenhando, pintando, construindo e modelando.
3. Desenvolver o domínio de técnicas, instrumentos e procedimentos expressivos.
4. Desenvolver a habilidade de discriminar cor, forma, dimensão, espaço, harmonia.

CONTEÚDO
• Desenho.
• Pintura.
• Impressão.
• Recorte.
• Alinhavo.
• Tapeçaria.
• Colagem.
• Modelagem.
• Dobradura.
• Montagem.
• Construção.

ESTRATÉGIA
• Atividades gráficas como desenhos, para pintura, recorte e colagem.
• Tinta, pincel, cola, tesoura, papel de diferentes tipos, formas e cores.
• Revista, jornal e sucata.
• Barbante, lã, linhas, madeira, argila, algodão, gesso, garrafa, etc.

AVALIAÇÃO
Avaliação será continua e diária através dos trabalhos e atividades realizados pelos alunos, com a finalidade de desenvolver: criatividade, interesse, espontaneidades, auto-estima, capricho, atenção, curiosidade, raciocínio, cooperação, companheirismo e a motivação.

CIÊNCIAS
OBJETIVO
1. Identificar as diversas partes do corpo e suas funções.
2. Formar bons hábitos de higiene e saúde.
3. Identificar o valor nutritivo e a procedências dos alimentos.
4. Identificar e observar o processo de germinação e crescimento das plantas.
5. Identificar, distinguir e caracterizar os animais.
6. Desenvolver habilidades como: observação, analise, descrição, classificação e medida.
7. Explorar o ambiente em que vive.

CONTEÚDO
• As Partes do Corpo/Higiene e Saúde/Órgãos do sentido.
• Alimento/Culinária.
• Plantas/Horticultura.
• Animais.

ESTRATÉGIA
• Explorar o meio em que estamos.
• Confecção de cartazes, desenhos, figuras, fotos, atividades gráficas.
• Pinturas colagens, recortes.
• Horta.
• Passeios, excursões.
• Atividades com os próprios alunos (jogos e brincadeiras).
• Músicas, histórias, diálogos, conversa dirigida, atividade com sucatas.
• Alimentos (frutas, verduras, legumes).

AVALIAÇÃO
Avaliação contínua e diária através das atividades e exercícios realizados e executados pelos alunos, com a finalidade de desenvolver: interesse, atenção, cooperação, espontaneidade, aprendizagem, capacidades de observação, análises e etc.

INTEGRAÇÃO SOCIAL
OBJETIVO
1. Adaptar a criança à escola e à vida social.
2. Promover condições de um convívio agradável.
3. Desenvolver atitudes de polidez, respeito e cooperação.
4. Adquirir habilidades sociais.
5. Compreender a necessidade da cooperação de todos os membros da família e da escola, entre si.
6. Desenvolver: atividades e conhecimentos sociais, habilidades de disciplina, independência e habilidades quanto ao trabalho.

CONTEÚDO
• Eu/Família.
• Casa/Comunidade.
• Escola.
• Meios de Transporte/Meios de Comunicação.
• Datas Comemorativas:
• (Alguns exemplos) Carnaval, Páscoa, Dia do Índio, Dia das Mães, Festa Junina, Dia dos Pais, 07 de Setembro, Dia das Crianças, Primavera, Dia da Árvore, Natal e outros.

ESTRATÉGIA
Desenhos, cartazes, músicas, jogos, brincadeiras, atividades com sucata, folhas (atividades gráficas), pintura, recortes e colagens.
Festas, bailes, exposição, excursão ou passeios.

AVALIAÇÃO
Avaliação contínua através das atividades e exercícios realizados e propostos aos alunos, no qual se verifica o: interesse, assimilação, compreensão, aprendizagem, comportamento, espontaneidade, capacidade, cooperação, participação e a execução das atividade.

INGLÊS
OBJETIVO
1. Desenvolver algumas noções sobre a língua estrangeira (inglês).
2. Executar as atividades propostas com atenção, compreensão e aprendizagem.
3. Desenvolver a linguagem de palavras, pequenas frases e músicas.

CONTEÚDO
• Cores.
• Números.
• Nomes de animais, alimentos, familiares, objetos, brinquedos, etc.
• Músicas.

ESTRATÉGIA
• Vídeo.
• Cartazes.
• Desenhos.
• Atividades gráficas.
• Pintura, colagem e recorte.

AVALIAÇÃO
Avaliação será feita através dos exercícios e atividades realizadas pelos alunos verificando a aprendizagem, assimilação e compreensão.
Pronúncia e o interesse.

OBJETIVOS SÓCIO- EMOCIONAIS
1. Desenvolve hábitos de asseio: pedir para ir ao banheiro, lavar as mãos, limpar o nariz, etc.
1. Habitua-lo a usar os clichês sociais. Exemplo: Por favor, muito obrigado, com licença, etc.
2. Permitir que a criança seja independente.
3. Deixa-la explorar ao máximo os objetos e brinquedos.
4. Levar a criança a brincar com os outros do grupo.
5. Fazer com que a criança não fixe em um único colega.
6. Mante-la ocupada.
7. Levar a criança a participar das atividades de grupo.

Função Social e Educacional da Escola
A escola prepara a criança para conviver com grupos sociais mais amplos que a família; a pré-escola deve fornecer-lhe elementos para conhecer esses grupos sociais, e o fará partindo do próprio universo infantil: a família, a casa, a escola, a comunidade, as profissões, datas comemorativas,etc.

ASPECTOS BIOLÓGICOS
Ao propor atividades que visam à observação e compreensão de determinados aspectos biológicos, a pré-escola está fornecendo à criança condições para desenvolver o raciocínio lógico e incorporar o método contínuo de investigações, essenciais para posterior estudo das ciências naturais.
O trabalho prático poderá se realizar através de alguns itens: as partes do corpo humano, higiene e saúde, alimentação, animais plantas, etc.

CONTEÚDO
Conteúdo é tudo aquilo que é passível de integrar um programa educativo com vistas à formação das novas gerações.É por meio de conteúdos que transmitimos e assimilamos conhecimento, mas é também por meio do conteúdo que praticamos operações cognitivas, desenvolvemos hábitos e habilidades e trabalhamos as atitudes, de maneira que alcançamos os objetivos estabelecidos para o processo educacional.

ORGANIZAÇÃO DOS CONTEÚDOSPORTUGUÊS/PRONTIDÃO/LINGUAGEM:
Os trabalhos com as crianças na área lingüística e viso-motora têm como objetivos:
Ampliar o vocabulário, aquisição de fonemas e comunicação;
Ampliar a linguagem e pensamento desenvolvendo a Expressão Oral através de histórias, músicas, teatros, danças, recitação de versos, poemas ou parlendas, dramatizações, hora da novidade, conversas, recados, jogos e brincadeiras;
Dar iniciação a expressão escrita, noções elementares da gramática e a leitura.
Desenvolver o campo perceptivomotor, a partir do esquema corporal –coordenação motora-ampla ou grossa - até chegar aos dedos –coordenação motora-fina.

MATEMÁTICA:
Será desenvolvido o Campo do raciocínio lógico matemático, no qual a criança se tornará capaz de:
• Perceber, identificar e aplicar os conhecimentos como: posições (frente/atrás), dimensões grande/médio/pequeno),comprimento curto/comprido), altura (alto/baixo), peso (leve/pesado), distância (perto/longe), volume (cheio/vazio), quantidades (muito/pouco), disposição e posição dos objetos (em cima/embaixo/ao lado/entre);
• Manipular livremente o conjunto universo blocos lógicos – para formar seqüências e agrupar em subconjuntos de: cor, forma, tamanho e espessura;
• Identificar e formar conjuntos (vazio, unitário, com muitos e poucos elementos);
• Identificar e apontar os numerais (ex: de 0 a 9), relacionando o número isoladamente;
• Identificar cores primárias e secundárias: vermelho/amarelo: laranja; azul/vermelho: roxo; azul/amarelo: verde; branco/preto: cinza;
• Reconhecer números ordinais e último;
• Identificar e nomear formas geométricas;
• Resolver problemas orais e perceber quantidades diferentes em relação as diversas situações (a mesma quantidade de líquido em recipientes diferentes, por exemplo);
• Identificar meio e inteiro;
• Desenvolver operações matemáticas (adição, subtração)

ARTES PLÁSTICAS:
Nesta área ocorre o desenvolvimento da coordenação e habilidade motoras, aumentado a capacidades de organizar o espaço e o domínio de técnicas. Os exercícios de pintura, por exemplo, farão as crianças conhecerem o valor das cores e de suas combinações.
O professor deve permanecer como observador, orientador e amigo; estimular a criatividade e o capricho que o trabalho merece; incentivar a economia no gasto do material usado, informando que assim durará mais tempo; estar seguro da aula que vai dar.

CIÊNCIAS:
Um programa de ciências na pré-escola deve partir dos interesses das crianças, de suas necessidades imediatas e do meio em que elas vivem. Temos com objetivos gerais: desenvolver as habilidades de observar, descrever, analisar, classificar, medir; explorar o ambiente em que vive; estabelecer relações entre os diversos elementos que compõem seu meio; enriquecer suas experiências; adquirir o gosto pelas pesquisas e descobertas; adquirir hábitos de uma vida sadia em relação à higiene, alimentação, eliminação, recreação.

INTEGRAÇÃO SOCIAL:
A pré-escola tem como principal função aprimorar a sociabilidade das crianças, favorecendo: uma convivência feliz no lar, na escola e na sociedade; a auto-realização, a eficiência no trabalho e o civismo; experiências que promovam o desenvolvimento pessoal; a auto-orientação, a cooperação, a responsabilidade, a amizade, a cortesia, o respeito às outras pessoas, boas maneiras, bons hábitos, etc.

INGLÊS:
Será proporcionado às crianças o contato com outro idioma, através de atividades, músicas, vídeos, cartazes, desenhos e pinturas.

INFORMÁTICA:
Visando facilitar a aprendizagem de conteúdos curriculares o uso do computador no processo pedagógico apresenta dois objetivos básicos: melhorar a qualidade de ensino e familiarizar o jovem com uma nova tecnologia, no qual utilizaremos software educativo e atividades complementares.

EDUCAÇÃO FÍSICA (JUDÔ/BALÉ/JOGOS/BRINCADEIRAS):
As atividades físicas e recreativas visam: o desenvolvimento pessoal: domínio do próprio corpo; o que ele pode realizar com o corpo todo e com cada uma de suas partes; o domínio das coisas que o cercam: como utilizá-las, como se situar no tempo e no espaço; o desenvolvimento das qualidades sociais de cooperação, solidariedade, comunicação, etc.
Essas atividades incluídas no plano curricular da pré-escola, oferecem uma educação integral concorrendo com o desenvolvimento estético, intelectual, moral e cívico.

JOGOS E BRINCADEIRAS:
Algumas sugestões que ajudarão a utilizar os jogos e brincadeiras de forma mais adequada e proveitosa no ensino:
a) Defina, de forma clara e precisa, os objetivos a serem atingidos com a aprendizagem. Os jogos e brincadeiras podem ser usados para adquirir determinados conhecimentos (conceitos, princípios e informações), para praticar certas habilidades cognitivas e para aplicar algumas operações mentais ao conteúdo fixado.
b) Determine os conteúdos que serão abordados ou fixados através da aprendizagem pelo jogo ou pela brincadeira.
c) Formule as regras de forma clara e precisa para que não dêem margem de dúvidas.
d) Especifique os recursos ou materiais que serão usados durante a realização do jogo ou brincadeira, preparando-os com antecedência ou verificando se estão completos e em perfeito estado para serem utilizados.
e) Explique aos alunos, oralmente ou por escrito, as regras do jogo ou brincadeira, transmitindo instruções claras e objetivas, de modo que todos entendam o que é para ser feito ou como proceder.
f) Permita a participação, a motivação e estimulação de todos os integrantes do grupo ou equipe.
Como qualquer aula, os jogos e brincadeiras também devem ser planejados. O trabalho planejado é importante e necessário porque evita a improvisação; ajuda a prever e superar dificuldades e contribui para consecução dos objetivos estabelecidos com economia de tempo e eficiência da ação.

PLANEJAMENTO MATERNAL I E II.

PESQUISA REALIZADA PELOS BLOGS http://mundinhodacrianca.blogspot.com/ E http://cantinhodassugestoes.blogspot.com

Planejamento Maternal I e II
Maternal I
OBJETIVO
1. Desenvolver os movimentos amplos: saltar, pular, andar...
2. Desenvolver os movimentos finos que envolvam as mãos, adquirindo controle e expressão gráfica com a progressão de exercícios que irão auxiliar no futuro aprendizado da escrita e da leitura.
3. Desenvolver estímulos sonoros e auditivos através de operações concretas.
4. Ampliar vocabulário e linguagem como meio de comunicação, desenvolvendo a imaginação, criatividade, organização de idéias.
5. Identificação do nome próprio.
6. Identificação das letras do nome próprio.
7. Identificação das vogais.
CONTEÚDO
1. Coordenação Motora Ampla.
2. Coordenação Motora Fina.
3. Discriminação Auditiva e Visual.
4. Expressão Oral (histórias, contos, músicas, teatro, etc).
5. Estudo do nome próprio.
6. Estudo das letras do nome próprio.
7. Apresentação das vogais.
ESTRATÉGIA
1. Através de jogos, brincadeiras e atividades lúdicas envolvendo operações concretas.
2. Através de materiais pedagógicos, sucatas, brincadeiras, jogos e atividades visomanuais concretas (pinturas, desenhos, etc).
3. Utilização de recursos audiovisuais como: músicas, histórias, parlendas vídeo, CD, figuras, rótulos, livros, portadores de textos, etc.
4. Leituras, interpretações, cantos, conversas, brincadeiras, jogos, recursos audiovisuais, livros, materiais pedagógicos, etc.
5. Apresentação de crachás, fichas, cartazes, desenhos, jogos e brincadeiras, etc.
6. Fichas cartazes, desenhos, materiais pedagógicos, jogos e brincadeiras.
7. Materiais pedagógicos, brincadeiras, atividades visomanuais concretas, etc.
AVALIAÇÃO
Avaliação será contínua, através da observação diária da criança, no desempenho de suas atividades, no desenvolvimento da atenção, interesse assimilação e aprendizagem.
O instrumento de avaliação será uma ficha de avaliação, que entregaremos aos pais durante as Reuniões.
OBSERVAÇÕES:

CARACTERÍSTICAS: Aproximadamente 2 a 3 anos.
• Egocentrismo.
• Descobertas: tato, movimentos, formas, pessoas, texturas, reprodução de sons, andar, comunicação, etc.
• Coordenação Motora: abrir, fechar, empilhar, encaixar, puxar, empurrar, etc.
• Fantasia, Invenção e Representação (imitação de situações conhecidas: escolinha, casinha).
• Criatividade
TIPOS DE BRINCADEIRAS:
• Brincadeiras referentes à educação sensório-motora (sentir/executar).
• Exploração, canto, perguntas e respostas, esconder.
• Brincadeiras sem regras.
• Brincadeiras com poucas regras simples.
• Utilização das formas básicas de movimentos (andar, correr, saltar, rolar, etc).
• Estimulação e motivação.
• Atividades lúdicas.
MATEMÁTICA
OBJETIVO
1. Introduzir o raciocínio lógico, através de suas estruturas.
2. Desenvolver a lateralidade através de estímulos, motivações e atividades de coordenação.
3. Desenvolver a capacidade de situar cronologicamente os fatos para organizar seu tempo e suas ações, orientando-se também no espaço.
4. Desenvolver coordenação motora através de atividades lúdicas, concretas, pedagógicas e visomanuais.
5. Reconhecer e discriminar estímulos visuais, interpretando-os e associando-os.
6. Reproduzir seqüências e seriações, ex: ordenar objetos do mais alto para o mais baixo.
7. Reconhecer e discriminar numerais. Desenvolver contagem de 1 até 10.
CONTEÚDO
1. Estruturas lógicas: discriminação – comparação – identificação – cor – forma – tamanho – conjuntos – quantidade.
2. Conceito de lateralidade.
3. Orientação Temporal Espacial: antes/depois, atrás/na frente/no meio/entre, aberto/fechado, na frente/de costas, em cima/embaixo, em pé/deitado/sentado, longe/perto, direita/esquerda.
4. Coordenação Motora.
5. discriminação audiovisual.
6. Seqüência e seriação.
7. Numeração:
• Números de 1 à 5
• Contagem de 1 à 10
ESTRATÉGIA
1. Utilização de materiais pedagógicos, sucatas, figuras, livros, jogos, brincadeiras, ...
2. Brincadeiras lúdicas, materiais pedagógicos, atividades audiovisuais.
3. Através do uso de materiais concretos, materiais pedagógicos, jogos e brincadeiras, registro de atividades.
4. Jogos, brincadeiras, músicas, atividades lúdicas, materiais pedagógicos, registro de atividades.
5. Recursos Audiovisuais: rádio, CD, TV, vídeo, músicas, histórias, cartazes, fichas.
6. Cartazes, fichas, jogos, brincadeiras, materiais pedagógicos, atividades lúdicas e de registro.
7. Materiais pedagógicos e concretos, jogos, brincadeiras, cartazes, fichas, desenhos, etc.
AVALIAÇÃO
Avaliação será contínua, através da observação diária da criança, no desempenho de suas atividades, no desenvolvimento da atenção, interesse assimilação e aprendizagem.
O instrumento de avaliação será uma ficha de avaliação, que entregaremos aos pais durante as Reuniões.
OBSERVAÇÕES:
Devemos desenvolver na criança a capacidade de pensar logicamente.
Trabalhar problemas relacionados ao seu cotidiano para melhor entendimento do meio em que vive.
A Matemática pode ser considerada uma linguagem simbólica que expressa relações espaciais e de quantidade. Sua função é pois, desenvolver o “pensamento”.
A medida que brinca com formas, com quebra-cabeças e com caixas que cabem dentro de caixas, a criança adquire uma noção do conceito pré-simbólico de tamanho, número e forma. Ao enfiar contas em um barbante ou colar figuras, adquire a noção de seqüência e de ordem. E quando utiliza as palavras “não cabe” e “acabou”, vai adquirindo a noção de quantidade.
“Esse trabalho deve se muito concreto, baseado no manuseio de materiais. Isso permito que as crianças se famialiarizem mais facilmente com os conceitos matemáticos.”
ESTUDOS SOCIAIS
OBJETIVO
1. Estimular o conhecimento da história Brasileira, através das Datas Comemorativas.
2. Desenvolver noção de hoje, ontem e amanhã, bem com o dia, a noite a relação com espaço/tempo.
3. Identificar, nomear e reconhecer a família e sua importância.
4. Estimulação do meio ambiente físico.
CONTEÚDO
1. Datas Comemorativas: Carnaval, Outono, Páscoa, Dia do Índio, Dia das Mães, Festa Junina, Dia dos Pais, Folclore, Independência, Inverno, Dia dos Animais, Dia das Crianças, Dia dos Professores, Proclamação da República, Primavera, Dia da Árvore, Natal e outros.
2. Calendário (relação espaço tempo).
3. Família.
4. Escola (ambiente/colegas).
ESTRATÉGIA
1. Contar histórias sobre o significado das Datas Comemorativas e a produção de lembrancinhas que traduzam a data em questão.
2. Produção de Calendário e exercício do mesmo ao iniciar a aula (manhã e tarde), e aniversários das crianças.
3. Nomeação, explicação e cartazes, através de estimulação de situação problema que envolva o conceito família.
4. Jogos e brincadeiras que explorem o ambiente e colegas.
AVALIAÇÃO
Avaliação será contínua, através da observação diária da criança no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com a professora.
O instrumento de avaliação é uma ficha de observações que será entregue aos pais todo Bimestre.
CIÊNCIAS
OBJETIVO
1. Desenvolver capacidade de auto-higiene corporal.
2. Identificar, reconhecer, localizar e nomear partes do próprio corpo.
3. Estimulação dos 5 sentidos.
4. Estimular o cuidado com a natureza.
5. Nomear e reconhecer diferentes animais.
6. Discriminação entre liso e áspero.
7. Apresentação de diferentes alimentos, diferenciando de doce e salgados.
CONTEÚDO
1. Higiene Corporal (mãos, dentes, uso do banheiro).
2. Esquema corporal.
3. Órgãos dos sentido: olhos (discriminação visual), ouvidos (discriminação auditiva), tato, olfato e paladar.
4. Horticultura e jardinagem.
5. Animais.
6. Texturas (liso e áspero).
7. Alimentos.
ESTRATÉGIA
1. Incentivar o lavar as mãos, escovar os dentes e ir ao banheiro sozinho, sempre que necessário, através de músicas e histórias que despertem o interesse das crianças.
2. Utilizando quebra-cabeça, músicas, figuras, bonecas e nomeação que desenvolvam o reconhecimento do corpo humano.
3. Exercícios, atividades e jogos que desenvolvam a visão, audição, tato e gustação.
4. Plantação de mudas e flores.
5. Através de figuras, desenhos, gestos musicais e histórias.
6. Através de objetos que mostrem tais diferenças, estimulando jogos e atividades.
7. Apresentação de alimentos.
AVALIAÇÃO
Avaliação será contínua, através da observação diária da criança no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com a professora.
O instrumento de avaliação é uma ficha de observações que será entregue aos pais todo Bimestre.
ARTES
OBJETIVO
1. Incentivar e desenvolver o hábito de desenho, estimulando assim a fantasia da criança.
2. Estimulação de confecção de brinquedos através da sucata.
3. Estimular a coordenação da criança e a criatividade com o uso da argila e massinha.
CONTEÚDO
1. Artes: desenho livre e pintura.
2. Sucata.
3. Argila e massinha.
ESTRATÉGIA
1. Utilização de lápis, pincéis, cola com muito incentivo, estimulando a criança através de elogios.
2. Material de sucata e criatividade do professor.
3. Apresentação de argila e massinha.
AVALIAÇÃO
Avaliação será contínua, através da observação diária da criança no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com a professora.
O instrumento de avaliação é uma ficha de observações que será entregue aos pais todo Bimestre.
OBJETIVOS SÓCIO-EMOCIONAIS
1. Desenvolve hábitos de asseio: pedir para ir ao banheiro, lavar as mãos, limpar o nariz, etc.
2. Habitua-lo a usar os clichês sociais. Exemplo: Por favor, muito obrigado, com licença, etc.
3. Permitir que a criança seja independente.
4. Deixa-la explorar ao máximo os objetos e brinquedos.
5. Levar a criança a brincar com os outros do grupo.
6. Fazer com que a criança não fixe em um único colega.
7. Mante-la ocupada.
8. Levar a criança a participar das atividades de grupo.


MATERNAL 2
LINGUAGEM ORAL
OBJETIVO
1. Desenvolver na criança o conceito de eu em relação ao seu nome, idade e em relação aos pais (família) e colegas.
2. Desenvolver coordenação motora grossa (livre).
3. Despertar na criança o interesse por estímulos sonoros, para que ela consiga perceber, identificar e localizar sons forte e fraco.
4. Desenvolver a capacidade da criança de identificar diferentes objetos e movimentar-se no espaço com facilidade.
5. Incentivar e permitir a fala da criança em toda as atividades possíveis, corrigindo e ampliando seu vocabulário, utilizando também as músicas.
6. Estimular o vocabulário através de contos e histórias pequenas que despertem a fantasia da criança.
7. Incentivar a memorização de pequenas músicas e gestos.
8. Identificar e reconhecer as vogais.
9. Identificar o nome próprio e as letras do nome.
CONTEÚDO
1. Eu (nome, idade, pais e colegas).
2. Coordenação motora.
3. Discriminação auditiva.
4. Discriminação visual.
5. Expressão oral (pronúncias, relatos de acontecimentos, músicas).
6. Histórias e contos.
7. Memorização.
8. Vogais.
9. Nome próprio e letras do nome próprio.
ESTRATÉGIA
1. Através de músicas, jogos com bola pronunciando o nome e estimulação oral.
2. Utilização de recortes, colagem, traçado de linhas em folha e no chão, incentivando jogos e brincadeiras.
3. Utilização de instrumentos sonoros, músicas, batidas de palmas e pés e sons produzidos pela boca.
4. Utilização de sucatas, jogos e materiais pedagógicos com exploração dos objetos do ambiente interno e externo.
5. Utilização de leitura de histórias curtas, músicas e conversas diárias com a criança sobre sua rotina, dando atenção as perguntas e respondendo-as sempre de acordo com sua maturidade emocional.
6. Histórias curtas com gestos, estimulando o interesse e fantasia da criança.
7. Repetição de músicas, gestos e histórias curtas.
8. Através de materiais pedagógicos, fichas, desenhos, cartazes, etc.
9. Fichas, crachás, cartazes, materiais concretos e pedagógicos, jogos e brincadeiras, etc.
AVALIAÇÃO
Avaliação será contínua, através da observação diária da criança no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com a professora.
O instrumento de avaliação é uma ficha de observações que será entregue aos pais todo Bimestre.
MATEMÁTICA
OBJETIVO
1. Iniciar a aprendizagem de conceitos de longe, perto, dentro, fora, em cima, em baixo, atrás, na frente, ao lado, dentro, fora, cheio, vazio, etc.
2. Discriminar na criança o sentido de ontem hoje e amanhã.
3. Estimular o uso do raciocínio da criança.
4. Classificação e nomeação de objetos pelas cores primárias (azul, amarelo e vermelho), formas (círculo, triângulo e Quadrado), tamanho (grande e pequeno) e quantidade (1 a 9).
5. Nomear e identificar iguais e diferentes.
CONTEÚDO
1. Conceitos de lateralidade: todo, dentro/fora, grande/pequeno, cheio/vazio, grosso/fino, muito/pouco.
2. Organização espacial: antes/durante e depois, hoje/ontem/amanhã.
3. Jogos de raciocínio (quebra-cabeça e jogos de encaixe).
4. Classificar e nomear objetos pela cor, forma (círculo, triângulo e quadrado), tamanho e quantidade.
5. Nomear iguais e diferentes.
ESTRATÉGIA
1. Através de jogos, músicas e atividades que incentivam o aprendizado da criança como movimento da esquerda para a direita, jogos de dentro para fora, etc. Incentivar e explorar o meio ambiente.
2. Utilização do calendário e estimulação de perguntas e respostas que distingam o dia e a noite, o ontem, o hoje e amanhã.
3. Através de jogos como quebra cabeça, encaixes, de formas e situações problemas que incentivem a criança a pensar, não respondendo tudo para criança, sem que ela tente responder sozinha.
4. Através de objetos, sucatas e material dourado que tenham estas características, utilizando-os em jogos, como procurar cor e forma.
5. Através de jogos, sucatas e objetos que permitam a identificação e classificação de iguais e diferentes.
AVALIAÇÃO
Avaliação será contínua, através da observação diária da criança no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com a professora.
O instrumento de avaliação é uma ficha de observações que será entregue aos pais todo Bimestre.
ESTUDOS SOCIAIS
OBJETIVO
1. Estimular o conhecimento da história Brasileira, através das Datas Comemorativas.
2. Desenvolver noção de hoje, ontem e amanhã, bem com o dia, a noite a relação com espaço/tempo.
3. Identificar, nomear e reconhecer a família e sua importância.
4. Estimulação do meio ambiente físico.
CONTEÚDO
1. Datas Comemorativas: Carnaval, Outono, Páscoa, Dia do Índio, Dia das Mães, Festa Junina, Dia dos Pais, Folclore, Independência, Inverno, Dia dos Animais, Dia das Crianças, Dia dos Professores, Proclamação da República, Primavera, Dia da Árvore, Natal e outros.
2. Calendário (relação espaço tempo).
3. Família.
4. Escola (ambiente/colegas).
ESTRATÉGIA
1. Contar histórias sobre o significado das Datas Comemorativas e a produção de lembrancinhas que traduzam a data em questão.
2. Produção de Calendário e exercício do mesmo ao iniciar a aula (manhã e tarde), e aniversários das crianças.
3. Nomeação, explicação e cartazes, através de estimulação de situação problema que envolva o conceito família.
4. Jogos e brincadeiras que explorem o ambiente e colegas.
AVALIAÇÃO
Avaliação será contínua, através da observação diária da criança no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com a professora.
O instrumento de avaliação é uma ficha de observações que será entregue aos pais todo Bimestre.
CIÊNCIAS
OBJETIVO
1. Desenvolver capacidade de auto-higiene corporal.
2. Identificar, reconhecer, localizar e nomear partes do próprio corpo.
3. Estimulação dos 5 sentidos.
4. Estimular o cuidado com a natureza.
5. Nomear e reconhecer diferentes animais.
6. Discriminação entre liso e áspero.
7. Apresentação de diferentes alimentos, diferenciando de doce e salgados.
CONTEÚDO
1. Higiene Corporal (mãos, dentes, uso do banheiro).
2. Esquema corporal.
3. Órgãos dos sentido: olhos (discriminação visual), ouvidos (discriminação auditiva), tato, olfato e paladar.
4. Horticultura e jardinagem.
5. Animais.
6. Texturas (liso e áspero).
7. Alimentos.
ESTRATÉGIA
1. Incentivar o lavar as mãos, escovar os dentes e ir ao banheiro sozinho, sempre que necessário, através de músicas e histórias que despertem o interesse das crianças.
2. Utilizando quebra-cabeça, músicas, figuras, bonecas e nomeação que desenvolvam o reconhecimento do corpo humano.
3. Exercícios, atividades e jogos que desenvolvam a visão, audição, tato e gustação.
4. Plantação de mudas e flores.
5. Através de figuras, desenhos, gestos musicais e histórias.
6. Através de objetos que mostrem tais diferenças, estimulando jogos e atividades.
7. Apresentação de alimentos.
AVALIAÇÃO
Avaliação será contínua, através da observação diária da criança no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com a professora.
O instrumento de avaliação é uma ficha de observações que será entregue aos pais todo Bimestre.
ARTES
OBJETIVO
1. Incentivar e desenvolver o hábito de desenho, estimulando assim a fantasia da criança.
2. Estimulação de confecção de brinquedos através da sucata.
3. Estimular a coordenação da criança e a criatividade com o uso da argila e massinha.
CONTEÚDO
1. Artes: desenho livre e pintura.
2. Sucata.
3. Argila e massinha.
ESTRATÉGIA
1. Utilização de lápis, pincéis, cola com muito incentivo, estimulando a criança através de elogios.
2. Material de sucata e criatividade do professor.
3. Apresentação de argila e massinha.
AVALIAÇÃO
Avaliação será contínua, através da observação diária da criança no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com a professora.
O instrumento de avaliação é uma ficha de observações que será entregue aos pais todo Bimestre.
OBJETIVOS SÓCIO-EMOCIONAIS
1. Desenvolve hábitos de asseio: pedir para ir ao banheiro, lavar as mãos, limpar o nariz, etc.
2. Habitua-lo a usar os clichês sociais. Exemplo: Por favor, muito obrigado, com licença, etc.
3. Permitir que a criança seja independente.
4. Deixa-la explorar ao máximo os objetos e brinquedos.
5. Levar a criança a brincar com os outros do grupo.
6. Fazer com que a criança não fixe em um único colega.
7. Mante-la ocupada.
8. Levar a criança a participar das atividades de grupo.

Projeto criança e a natureza

Projeto: Criança e a natureza.

Tema: Brincando e aprendendo se faz a educação.

Clientela atingir: alunos de 04 meses a 05 anos de idade.

Duração: 21 de setembro a 30 de outubro de 2009.

Justificativa: Esse Projeto foi desenvolvido devido à necessidade de mostrar ao nosso educando, que é possível brincar e aprender de uma forma lúdica e construtiva, visando à socialização do nosso fazer pedagógico.

O futuro está em nossas mãos e na de nossos pequeninos, por isso a importância de conhecer e preservar a natureza, assim como, as formas de vida e sua sobrevivência, vivenciando a alegria da chegada da primavera com a presença multicolorida das flores, levando a criança a contemplar as suas maravilhas e o bem-estar que a convivência da natureza proporciona.

Objetivo geral: Promover a socialização e a integração, escola, educando, família e comunidade, de uma forma lúdica proporcionando momentos de construção de conhecimento e aprendizagem.

Objetivos específicos:

* Despertar o interesse pela preservação do meio ambiente, assim como, as formas de vida e sua sobrevivência;
* Conhecer as estações do ano;
* Apreciar e valorizar a natureza que nos rodeia;
* Cuidar das plantas;
* Conhecer as partes de uma planta e como plantá-la;
* Preservar o maio ambiente;
* Conhecer e diferenciar os tipos de animais: aquático, terrestre, aéreo;
* Trabalhar e desenvolver as percepções e a atenção;
* Trabalhar as cores, formas e texturas;
* Desenvolver o raciocínio lógico matemático;
* Desenvolver a socialização, incentivando o trabalho em grupo;
* Desenvolver a linguagem oral;
* Ampliar o vocabulário;
* Estimular a opinião e o espírito crítico através de perguntas e conversas;
* Despertar “gostos” pelas brincadeiras, músicas e danças;
* Valorizar brinquedos confeccionados com material de sucata;
* Proporcionar o contato com diversos materiais;
* Estimular a criatividade e imaginação através de atividades relacionadas ao tema;
* Desenvolver e trabalhar a coordenação motora ampla e fina;
* Produzir trabalhos, utilizando a linguagem do desenho, da pintura, da construção, desenvolvendo o gosto, o cuidado e o respeito pelo processo de produção e criação;
* Desenvolver e estimular a expressão corporal;
* Cuidar e valorizar os livros;
* Estimular o gosto pela leitura.

Conteúdos:

* Datas comemorativas: dia da árvore, início da primavera, dia do professor, dia internacional dos animais, dia da criança, semana da água, dia nacional do livro, dia das bruxas;
* Cor, forma e textura;
* Noção de quantidade;
* Motricidade ampla e fina;
* Discriminação auditiva e visual;
* Expressão oral;
* Esquema corporal;
* Ritmo e dança;
* Artes plásticas;
* Dramatização e criatividade;
* Os sentidos.

Metodologia:

* Conversas e debates relacionados ao tema: dia da árvore, primavera, dia internacional dos animais, dia da criança, dia do professor, semana da água, dia nacional do livro, dia das bruxas;
* Desenhos e pinturas relacionados ao tema;
* Técnicas de pintura;
* Pontilhados e traçados: “levar a abelhinha até a flor”, “ligar os animais a suas moradias”;
* Dedoches dos animais;
* Recortes e colagens: “Minhas professoras são assim”, “Animaizinhos”;
* Confecção do brinquedo: “Peixe fora d’água”;
* Confecção de um arranjo de flores com garrafas pet;
* Jogo das frutas, jogo da velha dos animais, jogo das cores, jogo da memória dos animais;
* Músicas relacionadas ao tema: “A sementinha - Aline Barros”, “Criança feliz”, e músicas de animais;
* Hora do conto: “Aconteceu com Margarida”, “Disse os animaizinhos”;
* Histórias em sequência: “A árvore”, “A sementinha”;
* Experiência da batata;
* Diário da experiência da batata;
* Mural do dia da árvore: mãozinhas, carimbada representando a copa da árvore, bolinhas de papel marrom representando o tranco da árvore, borboletas e florzinhas com material de sucata.
* Confecção de brinquedos de sucata: bilboquê, vai e vem, pé de lata, cavalinho de pau;
* Tarde das atividades e gincana integradas com as turmas;
* Brincadeiras e jogos dirigidos;
* Passeio a biblioteca municipal;
* Confecção do livrinho: “A historia da gotinha”.
* Dramatização: Teatrinho - “A linda rosa juvenil”;
* Confecção do cenário “A linda rosa juvenil”;
* Confraternização do dia das crianças;
* Festa à fantasia.

Culminância: Festa à fantasia.

Avaliação: Avaliação será contínua, através da observação diária das crianças no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com as professoras.

“Se quiser colher em curto prazo, plante cereais.

A longo prazo, plante árvores frutíferas.

Mas, se quiser colher para sempre,

eduque uma criança”.

(desconheço o autor)

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

TEXTINHOS















RECEITA DA PAZ










LIVRINHO SOBRE AS DROGAS























CHAPEUZINHO VERMELHO




HISTÓRIA EM SEQUENCIA




















COMPARTILHAR

Postagens antigas

Ocorreu um erro neste gadget

Link-me 2

Link-Me


Em qual área da educação que você trabalha?

Prometo:

Prometo valer-me do conhecimento que me foi dado como instrumento de mudança e construção de um mundo onde o homem possa realizar-se com liberdade. Prometo, no exercício de minha profissão, enfrentar os desafios que a educação me propõe, com criatividade, perseverança e competência, buscando novos caminhos para o processo educacional. Prometo envolver-me com meus alunos no espaço que existe entre teorizar e viver a prática, porque acredito ser nesse espaço que educadores e educandos se encontram e se transformam mutuamente. Prometo não isolar no gabinete da Administração Escolar, mas dele partir para uma realidade mais abrangente, em que eu possa enxergar o homem no seu contexto social e político e que o meu trabalho na educação tenha um sentido justo, observando sempre os dispositivos legais e éticos da profissão.

 

Cantinho das Sugestões. Copyright © 2009 Cookiez is Designed by Ipietoon for Free Blogger Template